Vinte e nove dias, senhor!

Hoje foi o Compromisso à Bandeira Nacional do Esquadrão Odin. Sim, a turma de 2014. Fizeram o mesmo que eu, nessa época do ano. Só que dois anos depois.

72362_414179145342762_277046113_n

“Incorporando-me à Aeronáutica Brasileira, prometo cumprir rigorosamente as ordens das autoridades à que estiver subordinado, respeitar os superiores hierárquicos, tratar com afeição os irmãos de armas e com bondade os subordinados, e dedicar-me inteiramente ao serviço da Pátria, cuja honra, integridade e instituições defenderei com o sacrifício da própria vida.” Odin jurou. Perante todos. Comandantes, superiores, mães de Odin. Perante o estandarte maior do Brasil.

Moscovici, quantos dias? VINTE E NOVE DIAS!

Odin jurou, também, perante o líder do terceiro esquadrão. E então todos os presentes foram conclamados a cantar o Hino Nacional Brasileiro. A garganta doeu de tanto gritar. Pátria Amada, Brasil. Era chegado o momento. O esquadrão Odin, personificado em cada aluno seu, prestaria a continência individual à Bandeira. Tal qual fez Ares, dois anos antes.

Ao som do dobrado Comandante Narciso, a tropa marcava passo, e cada coluna seguia em direção ao auriverde pendão.

Enquanto isso, o porta-símbolo do terceiro esquadrão se arrepiava. Olhava para a bandeira, altiva, imponente, superior. Verde, amarela. Sim, a mais bela de todas as bandeiras. A materialização de tudo aquilo por que ele lutava. E se lembrou de 2012. E o dobrado ecoava, entrava nos seus ouvidos, reverberava no martelo, cócleas, tímpano…  E vai saber como, ia parar no coração.

Sim. O dobrado fez um estrago no coração. A visão não ajudava. Lembrava de tudo. Lembrava que era sua última formatura à frente do terceiro esquadrão. Sua última formatura armado, como porta-símbolo. Não! Não era possível! Parecia que não havia uma semana que Bueno havia lhe entregado a tão sonhada bandeira de terceiro ano! Ontem mesmo foi a primeira vez que marchou, esperançoso, triunfante, orgulhoso, frente à sua tropa! Sim, faz pouco tempo! A Sirius mal foi embora… E ele já estava entregando o cargo para o Paradinovic.

i1452217001655990

Ele se inquietava. O arrepio perdia proporções, já tomava quase seu corpo inteiro. Lembrou-se da formatura da Sirius. Lembrou-se do vídeo da Hórus cantando a canção do Adeus… E a maldita voz de Moscovici veio em sua cabeça… VINTE E NOVE DIAS. A partir dali, o dobrado era ensurdecedor. A imagem da bandeira nacional recebendo, uma a uma, as continências. VINTE E NOVE DIAS. Ele não se aguentava mais. Seu corpo inteiro vibrava, suas lembranças estavam a mil. Aquele dobrado Comandante Narciso! Não sentia mais o capacete perfurando sua cabeça como um prego, não havia mais incômodo algum. Não podia mais. A primeira lágrima caiu. Ele olhava à direita, esquerda, o céu, fechava os olhos, ouvia a música, abria-os, olhava a bandeira, olhava o grupamento de quinto… E seu rosto se encharcou em lágrimas. Como isso era possível? Vinte e nove dias. E ele se desesperava. E lá, na posição de sentido, imóvel, chorava mais. Um choro silencioso, solitário, invisível… Mas que traduzia tudo, traduzia três anos naqueles pátios, três anos de vida naquilo que um dia fora seu sonho! Só se arrependia das vezes em que torceu para o tempo passar, numa confusão que nem mesmo ele entendia… Que bela bagunça.

Ora, rapaz, recomponha-se!

E pôs-se a marchar. Orgulhoso novamente. Renovado de espírito militar. Renovados seus votos de sacrifício pelo Brasil. Mais que EPCAR. Seu compromisso era com a Força Aérea, era, como disse Torquato, “com cada um dos contribuintes do Brasil”.

Lembranças, escola… Mas pela formatura em si foi que me emocionei. Realmente, o compromisso à Bandeira é um dos mais belos espetáculos da carreira militar. E, a cada ano que passa, os compromitentes parecem ter mais noção da importância do que estão pronunciando. Felizmente.

10386403_752768171445368_4527155580971865152_n (1)

Fez-me entender a importância do patriotismo. A importância desse sentimento na profissão escolhida. Pois só vai “combater o bom combate” aquele que crê num ideal. Servir.

E, conforme teoria do Coronel Cláudio, mesmo que sejamos como o ar que respiramos, do qual as pessoas só se lembram de sua existência na ausência, reafirmei a vontade de servir. Por que ser militar é sim, vocação. Mas é preciso ter muito, muito mais vocação para ser brasileiro.

Parabéns, Odin. BRASIL ACIMA DE TUDO!

8063384846_10736060f9_b

PS: Sim, tô meio enferrujado. Postarei mais, sim… OSP do… Deixa pra lá.

Anúncios

4 Responses to “Vinte e nove dias, senhor!”


  1. 1 Lucas Pinto junho 3, 2015 às 3:54 am

    Não vejo a hora de um aluno da EPCAR minha primeira tentativa e assim espero que de cara passo pois estou me dedicando muito para isso….só de pensar em fazer parte ou mesmo estar em BQ é uma honra ! Obrigado por demonstrar suas batalhas e tudo oq infrentou #BQ-16 #EPCAR.

  2. 2 Gilberto Ramalho novembro 22, 2014 às 9:23 pm

    Al. Barros, você foi muito feliz em suas palavras.

    Sou ex-Aluno, pai de um Piloto de Caça e de um Aluno do 1º Esquadrão.

    Mesmo com toda essa experiência, até hoje ainda me emociono e sinto o mesmo sentimento que você tão bem descreveu em sua mensagem.

    Eu estava nesse evento, e acredite, a lágrima que embaçou a sua visão é a mesma que até hoje embaça a minha todas as vezes que vou a BQ, mesmo já tendo passado tantos anos de minha passagem pela nossa Escola.

    Parabéns por conseguir transcrever com tanta competência todo esse sentimento que é comum a todos nós que passamos pela nossa EPCAR.

    Que DEUS proteja você e seus colegas de Turma na AFA ou no caminho acadêmico ou profissional que forem trilhar a partir de 2015.

    Al. 75/162 – Ramalho

  3. 3 Davy Leonardo novembro 22, 2014 às 5:28 pm

    Não vejo a hora, EPCAr!

  4. 4 Ebenézer Meira novembro 17, 2014 às 2:36 pm

    Quando conseguimos externar os nossos sentimentos, testificamos o nosso profundo envolvimento. Então nasce um verdadeiro homem forjado nas mais profundas experiências o tornando num autêntico guerreiro.
    Parabéns a todos que se formaram, e aos que se formarão.


Comenta aí, é de graça!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 272 outros seguidores

Já no Twitter…

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Blog Stats

  • 44,955 negos sem vida social ja acessaram

%d blogueiros gostam disto: