Archive Page 2

Dias de FAB, dias de glória – Parte 2

Depois desses 5 meses eu já tinha desistido. A prova do Colégio Naval era em Julho, no último dia do mês e último das férias na escola. Essa foi talvez uma das épocas mais fodas em muito tempo. Foram as férias inteiras, duas semanas inteiras, trabalhando e estudando. Acordava lá pelas 7 da manhã, trabalhava até onze horas, onze e meia, meio dia… Depois voltava às duas até seis, sete, oito… Lembro que no final de um dia meu pai sentou pra conversar:

– É, meu filho, é assim mesmo… Eu falo pra você, estuda… Estuda que o negócio é feio… – Fez uma pausa breve, depois continuou, num resmungo, como que imitando a minha resposta típica: -“Aaai, que horas que eu vou estudar, só trabalho…”
– E não é?
– Na sua idade comigo era pior… Eu trabalhava pra ajudar a sua avó, em casa… Chegava morto, tentava estudar… Mas vai lá, você não tem tantas preocupações; chega em casa, toma um banho, e vai estudar.

Continue lendo ‘Dias de FAB, dias de glória – Parte 2’

Anúncios

Dias de FAB, dias de glória – Parte 1

Campo Grande, 13 de setembro de 2011, 15:40.

– Alô, tio Vicente?
– É sim, fala.
– Bênção tio.
– Deus te abençoe, quem é?
– É o Fiuk.
– Faaaaaaala Fiuk (risos), e aí, beleza? Que cê manda?
– Tudo tranquilo sim, é que… Passei na EPCAr.

Continue lendo ‘Dias de FAB, dias de glória – Parte 1’

continue reading dando problemas, sempre.

NOVOS LEITORES, O POST NAO SE RESUME NAQUILO DE 5 OU 6 LINHAS, AQUILO É INTRODUÇÃO, TEM MUITO MAIS COISA, É SÓ CLICAR EM Continue reading “nome do post”

Bem fácil, vai lá e tenta nao morrer de tédio com as coisas podres que eu escrevo. É só instruções, pra voce aproveitar-nnn.

Para comentar, clique em Leave a comment (desenho de balãozinho), abaixo de cada título.

Uma tarde pomposa na lan house

Texto de: Ailton Mesquita, do blog “Tomou”. Adaptado.

Achei estranho não ter sido acordado hoje às 8h da madrugada pelo minha irmã jogando algum joguinho PALNOCUL no computador. Quando fui ligar a máquina… é claro, o computador tinha estragado. Se você conhece alguma pessoa que fabrica computadores, diga que não gosto dela nem um pouco.

Voltando. Como eu tinha alguns emails pra mandar e vícios virtuais para suprir, tive que ir naquele lugarzinho, aquela pocilga do capeta onde se acessa internet por 1 real a hora, mais conhecida como lan house. Quanto mais barata a hora, mais rápido você vai querer sair de lá. Aliás, se você estiver lendo isso aqui do computador da sua casa, tomara que ele estrague também, tô nem aí.

E se você está lendo isso aqui imaginando que vai dar gargalhadas a cada linha, vá se lascar pra lá.

Continue lendo ‘Uma tarde pomposa na lan house’


Clique para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 273 outros seguidores

Já no Twitter…

  • RT @capricapeta: É muito difícil não ter aquele apoio.. É aí que as vezes a gente vê que tá "sozinho" nesse mundão.. 1 month ago
  • RT @Gen_VillasBoas: Agradeço a aprovação do PLC 44, que garantirá a segurança jurídica de meus comandados quando em operações de Garantia d… 1 month ago
  • qui est le prochain? 2 months ago
  • RT @Gen_VillasBoas: A segurança pública no RJ não possui solução rápida, nem fácil. Toda a sociedade precisa assumir suas responsabilidades… 2 months ago
  • RT @Gen_VillasBoas: A Op GLO no RJ exige segurança jurídica aos militares envolvidos. Como Cmt tenho o dever de protegê-los. A legislação p… 3 months ago

Blog Stats

  • 46,677 negos sem vida social ja acessaram